sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Um dia desses

                                                       Um dia desses


                       Um dia desses eu te vejo de novo

      E ai a gente conversa sobre o que mudou em nossas vidas
     Vamos falar porque nossa estrada nunca mais se encontrou
     Vou te dizer tudo o que eu nunca mais tive coragem de dizer 
         Vamos saber como anda o mundo de cada um de nós 

                     Um dia desses eu te vejo de novo

                   Ai eu te conto como a saudade doeu
                  Como eu fiz pra sobreviver sem você 
       Vou falar dos momentos que vivi sem estar ao seu lado
        E as escolhas que eu fiz porque você não estava aqui

                    Um dia desses eu te vejo de novo

        Pra te dizer quantas vezes rezei pra te esquecer 
    Quantas vezes pedi pra dor passar,pro dia amanhecer
    E que sempre que olho pra trás eu me vejo com você                 Que o tempo que ficamos juntos foi eterno enquanto durou

                   Um dia desses eu te vejo de novo 

              Então vamos rir das loucuras que fizemos 
  E das pessoas que conhecemos,dos amigos que nos afastamos
     E ai no fim da conversa vamos rir e ficarmos sem graça 
        Dar um abraço bem forte e longo e nos despedirmos
 E antes de voltarmos pra o nosso mundo,dizer:até um dia desses 
                      
                    (Por Wenar de Sá Carvalho Junior)

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Mortal

                                                                          Mortal 

      

    Estamos muito longe de sermos uma sociedade,uma 

 sociedade consiste em dividir tarefas e benefícios,por 


enquanto estamos vivendo cada um por si,até chegarmos ao 


ponto de sermos um para todos, falta muito,mas espero que 


as futuras gerações aprendam essa lição,o tempo na terra é 


passageiro e curto,não compensa colecionar riquezas,se 


enxergamos o contrário do lado de fora da nossa janela,que 


graça tem causar inveja,se a melhor coisa e gerar amor e 


paz,aguçar a cobiça das outras pessoas é um jogo perigoso e 


pode ser no fim mortal.


                                                (Por Wenar de Sá Carvalho Junior)

quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Martin Luther king

                 ''Para criar inimigos não é necessário declarar guerra,
                                basta dizer o que pensa''
                                (Martin Luther king)

Madre Teresa de Calcutá

                                   Enquanto estiver vivo,sinta-se vivo.
                Se sentir saudades do que fazia,volte a fazê-lo
                         Não viva de fotografias amarelas.....
                Continue,quando todos esperam que desista.
          Não deixe que enferruje o ferro que existe em você.
       Faça com que em vez de pena,tenham respeito por você.
        Quando não conseguir correr através dos anos,trote.
                  Quando não conseguir trotar,caminhe.
        Quando não conseguir caminhar,use uma bengala.
                           ''Mas nunca se detenha''
                         (Madre Teresa de Calcutá)