segunda-feira, 18 de março de 2013

Fracasso (poema)

                                                                    fracasso




                       A se as coisas fossem mais simples.
                       Se a vida não surpreendesse tanto
            As coisas seriam mais fáceis,a felicidade chegaria mais rápido.
           A saudade não doeria tanto,e o medo não tomaria conta.   
            Minhas histórias que atrapalham o meu andar pra frente
           E entram em minha cabeça e assustam pela igualdade dos momentos. 
          A eterna dúvida de todas as vezes que a escolha surge.
          A aliança que agride minha esperança,e me faz refletir sempre. 
        Os fracassos que cicatrizaram,mas me deixaram menos vulnerável as aparentes oportunidades que se apresentam.
         E a igualdade de pensamentos,mesmo assim separados pelos caminhos diferentes que se seguiam.
          O destino brincando comigo e rindo de mim por causa das minhas escolhas.
          Mas sempre o dia vai nascer e esfregar na minha cara os mais lindos presentes que nasceram do meu fracasso.
         E todos os dias agradeço e digo ainda bem que eu fracassei.

                        (por Wenar de Sá Carvalho  junior)      

2 comentários:

Daiane Olímpia Vitor Gonçalves disse...

Ficou maravilhoso...rsr
Muito bem expressado..amei

Juan Dias disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.